Caldas Novas limita funcionamento do comércio até meia-noite por causa da covid-19

Caldas Novas limita funcionamento do comércio até meia-noite por causa da covid-19

Caldas Novas tem um novo decreto para tratar de medidas contra o coronavírus (Covid-19). Dentre outras coisas, define que bares, restaurantes e comércios alimentícios, inclusive casas noturnas, podem funcionar, conforme novo documento, até 0h. Anteriormente, a previsão era de funcionamento até 2h. “Fechando neste horário, vamos evitar muitas contaminações”, disse o prefeito Kleber marra em vídeo divulgado no Facebook.

Ele ressaltou ainda que não tem intenção de decretar lockdown.

O texto assinado pelo prefeito e divulgado nesta quarta-feira (20) classifica aglomeração como reunião sem justificativa, e sem estar legalmente prevista, a partir de 10 pessoas, sem a observância mínima de 1,5m de distanciamento.

O texto também prorroga o Alvará Covid-19 – autorização dada pela vigilância para realização de eventos no município – até 30 de junho. Além disso, o documento traz novos horários para funcionamento de bares, restaurantes e comércio em geral.

“Por ser cidade atípica, turística, não queremos sacrificar mais uma vez as pessoas, fechando toda a cidade. Vamos avaliar daqui a 15 dias.” Segundo ele, que aponta cerca de 170 suspeitas de casos de Covid-19 por dia, atualmente, a expectativa é de queda neste número. “A rede pública não aguenta. Não é decreto de maldade. É um decreto que vem para colaborar com a vida humana.”

Outros pontos do decreto

O texto prevê, ainda, que “toda atividade de atração turística como trenzinho, feira do luar é parque de diversões terão de indicar formalmente um responsável para atendimento da vigilância sanitária aos finais de semana e feriados para atendimento às solicitações feitas pelos fiscais de postura deste município”.

De acordo com decreto, pessoas físicas e jurídicas que não cumprirem as normas, poderão ser multadas. “Fica expressamente autorizado a intensificação de fiscalização e diligências para apuração do descumprimento de todas as medidas sanitárias de combate ao covid-19”, completa.

Segundo dados de terça-feira (19), Caldas tem 65 óbitos pelo novo coronavírus. Ao todo, foram 3.506 contaminados e 3.190 recuperados. O prefeito também declarou, no vídeo, que as festas de fim de ano e a flexibilização foram responsáveis pelos aumentos de casos não só em Caldas, mas em todo o Brasil.

Confira o decreto na íntegra AQUI.