Segurança rural: Polícia Civil recupera nove cabeças de gado furtadas, em Morrinhos

Segurança rural: Polícia Civil recupera nove cabeças de gado furtadas, em Morrinhos

Animais teriam sido levados da fazenda após o falecimento do proprietário. Um ex-funcionário do local é apontado como principal suspeito do crime.

Em ação realizada na última sexta-feira (23/04), a Polícia Civil de Goiás recuperou nove cabeças de gado que haviam sido furtadas de uma propriedade, na zona rural no município de Morrinhos, região sul do Estado. Os animais teriam sido subtraídos logo após o falecimento do proprietário da fazenda. Um ex-funcionário do local é apontado pela investigação como sendo o principal suspeito do crime. Os bovinos, da raça nelore, são avaliados em R$ 40 mil.

O caso passou a ser apurado pela Delegacia de Polícia (DP) de Morrinhos ainda no início deste mês, após o recebimento de diversas denúncias. De acordo com o delegado Fabiano Henrique Jacomelis, responsável pelo trabalho investigativo, o suspeito teria furtado os animais com o objetivo de vendê-los. “A gente acha que ele também subtraiu mais gado de outras propriedades, além da fazenda em que era funcionário”, detalhou.

Os bovinos foram localizados em outra propriedade da região. Durante a operação, os policiais também identificaram um segundo indivíduo, suspeito de auxiliar no furto e ainda da receptação do gado. “Em continuidade às diligências, a Polícia Civil vai tentar identificar outras vítimas e estuda a possibilidade de representar pela prisão preventiva de todos os envolvidos nesse caso”, informou o delegado.

Os animais passaram por uma avaliação e serão devolvidos aos proprietários legais. Ao final da investigação, os suspeitos podem responder pelos crimes de furto e receptação. No primeiro caso, a pena prevista é de dois a cinco anos de reclusão.

Secretaria de Segurança Pública – Governo de Goiás