Nota técnica da Saúde amplia para 50% o número de alunos em regime presencial nas instituições de ensino de Goiás

Decisão impacta o início do segundo semestre no Estado. A rede pública estadual de ensino retoma as aulas presenciais em regime híbrido a partir de 2 de agosto

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES) divulgou nova nota técnica, nº 8/2021, que recomenda a ampliação de 30% para 50% do número de alunos em regime presencial nas instituições de ensino no Estado. Conforme o documento, do dia 14 de julho, a decisão abrange todos os níveis educacionais.

De acordo com a recomendação, para além do rigoroso cumprimento dos protocolos de biossegurança estabelecidos pelo Centro de Operações Estratégicas (COE) de Goiás, as instituições de ensino deverão assegurar o distanciamento de, no mínimo, 1 metro de raio entre os alunos e de 2 metros entre o professor e o aluno nas salas de aula.

A nota técnica estabelece, também, que a ampliação do número de estudantes nas atividades presenciais somente poderá ocorrer nas unidades de ensino que cumprirem o conjunto de medidas necessárias para a segurança em saúde estabelecidas para o enfrentamento da pandemia de Coronavírus. Esta ampliação poderá ser implementada de forma gradual, por deliberação de cada instituição.

Escolas estaduais
A rede pública estadual de ensino retomará as aulas presenciais no próximo dia 2 de agosto, no início do segundo semestre, em regime híbrido, combinando atividades presenciais e remotas, e com a adoção de rodízio de turma de alunos com vistas a que todos sejam atendidos nas aulas presenciais. A rede estadual compreende 1.008 unidades escolares e 530 mil alunos.

Fonte:https://site.educacao.go.gov.br/